Está pensando em revender o carro daqui um tempo? Se a resposta for sim, saiba que então é muito importante evitar a desvalorização do veículo! É claro que conforme o uso o valor de revenda já diminui um pouco, mas se você tiver alguns cuidados, pode ter certeza que não perderá muito dinheiro nesse processo.

Veja neste artigo dicas simples como deixar o carro tinindo para repassá-lo. Leia mais!

Dicas para revenda

Quer saber como fazer para que seu carro seja cada vez mais valorizado durante uma revenda? Então veja essas 4 dicas a seguir:

  1. Repare os possíveis danos

Para manter o valor do automóvel, ou pelo menos não perder muito durante a revenda, é importante consertar o mais rápido possível os riscos e batidas na carroceria. Afinal, essa é a parte do carro mais visível e será uma das primeiras coisas que os possíveis compradores vão observar.

Além disso, se o impacto de uma batida, por exemplo, provocou algum desgaste na pintura, é provável que a exposição do metal ao ambiente possa gerar alguns pontos de ferrugem. E isso não seria nada vantajoso na hora de revender o automóvel, não é mesmo?

         2. Conserve o motor

Você faz a troca de óleo sempre na quilometragem ou no período de tempo estipulado? Pois saiba que isso é fundamental para manter o motor em dia e conservado. Além disso, fique atento também ao filtro de combustível e às velas do motor. O ideal é que seja realizada a troca a cada 10 mil quilômetros rodados.

Quanto mais atento a esses prazos você estiver, melhor. Tenha sempre a manutenção em dia!

         3. Troque as pastilhas de freio

Regular os freios também é uma dica importante para quem pensa em revender o carro. Mas, você sabe quando é necessário trocar essas pastilhas? O recomendado é trocar quando a frenagem começar a fazer um barulho diferente, o qual mostra o fim da vida útil da peça.

Caso você não troque a pastilha logo no começo, o desgaste pode ser maior e você terá que trocar também o disco de freio. Então, fique atento para fazer a troca na data certa.

         4. Use capa nos bancos

Por fim, a última dica para que não ocorra uma desvalorização do carro na hora da revenda, é usar capas de proteção nos bancos, ainda mais se crianças andarem no seu carro. Essas capas fazem com que o banco pareça de um carro que acabou de sair da concessionária, mesmo que ele já tenha bons quilômetros rodados.

E, mesmo com o uso de capas, você deve aspirar os bancos pelo menos uma vez por semana! Já se eles forem de couro, o recomendado é limpá-los com pano umedecido, além de hidratá-los a cada seis meses com produtos específicos para este material.

Como você observou, existem várias maneiras de manter o valor do automóvel durante a revenda ou fazer com que ele diminua apenas um pouco. Tome os devidos cuidados e fique atento a problemas pequenos, para que eles não virem outros maiores. Afinal, tudo o que você não quer é a desvalorização do carro, certo?